ivar59 (ivar59) wrote,
ivar59
ivar59

О чём речь?

Enquanto isso

Por Paulo Paniago
Ilustração: Igor Vartchenko 

O que acontece ao personagem de um romance em andamento quando o escritor não está escrevendo ou decide adiar a narrativa? Nada acontece é a resposta mais óbvia, uma vez que se trata de um ser fictício. Você deveria estar se perguntando a respeito do que acontece com o autor, o que o leva a adiar a vida do personagem, que motivações ele teria para isso.
O depoimento de uma pessoa da vida real, transcrito para cá como peça semijornalística, vai assim: “Minha vida é cheia de atribulações e quando me volto para a literatura é em busca de diversão e entretenimento, não de indagações que me compliquem a existência”. Claro que esse depoimento sofreu um pouco de edição para ganhar fluência discursiva, mas importa o que está dito nele, ou seja, literatura também é válvula de escape para pressões do dia a dia. Mas e quando escritores se recusam terminantemente a serem apenas malabaristas da diversão alheia e, graves e sorumbáticos, adensam as questões fundamentais nas narrativas que desenvolvem? E, ora, ora, também esses têm sua cota de leitores, os que não querem simplesmente fugir das agruras do cotidiano, mas pesquisar informalmente um ângulo interessante, observador e inquiridor do estar-no-mundo. Nem todos os escritores escrevem romances policiais ou históricos de amor.
Agora, momento de voltar ao personagem adiado, vertido neste limbo mental enquanto a história não termina e o escritor se ocupa de outra coisa, tomar banho, almoçar, dormir, encontrar a namorada ou proferir uma palestra para a qual foi convidado mas não receberá outra remuneração que não os aplausos ao final e alguma perguntas da plateia que o ajudarão a pensar e repensar certos conceitos.
Esse mesmo autor que nessa palestra dessa noite escuta: “Onde fica o seu personagem quando você não o está escrevendo? Onde está o seu personagem agora, enquanto você está aqui conversando com a gente?”
“Excelente pergunta”, começa a responder o escritor, que não faz ideia do que vai dizer em seguida, mas as musas do improviso o socorrerão nesse momento de forma a que ele cumpra bem o papel.
Vamos ouvir o que ele tem a dizer.

Subscribe

  • Мой Питер -2014 из ФБ

    Facebook post

  • Tragedy

    Семь лет назад 12 мая( фэйсбук напомнил как всегда) я постебался над дорожным знаком, который сфотографировал в районе МГУ. Откуда мне было знать,…

  • Бездонная тема

    Методом подстановки можно придумывать разные ситуации. Раз придумав ход, я этим и балуюсь иногда

Buy for 100 tokens
Buy promo for minimal price.
  • Post a new comment

    Error

    Anonymous comments are disabled in this journal

    default userpic

    Your reply will be screened

    Your IP address will be recorded 

  • 10 comments

  • Мой Питер -2014 из ФБ

    Facebook post

  • Tragedy

    Семь лет назад 12 мая( фэйсбук напомнил как всегда) я постебался над дорожным знаком, который сфотографировал в районе МГУ. Откуда мне было знать,…

  • Бездонная тема

    Методом подстановки можно придумывать разные ситуации. Раз придумав ход, я этим и балуюсь иногда